Origem

Atualmente, o termo anjo se refere aos investidores (individuais ou grupos) que apoiam startups ou empresas em fase inicial de operação a viabilizar seus projetos e acelerar o crescimento.

A atividade de investidor-anjo é secular. Alguns autores afirmam que surgiu na época das grandes navegações quando a realeza europeia financiava os ambiciosos projetos de navegadores corajosos. Em troca, ficavam com parte das possíveis riquezas que eram encontradas em novas terras. Entretanto, para a maioria dos estudiosos o investimento-anjo surgiu de uma forma mais estruturada no início do século XX, numa referência aos investidores que financiavam as produções teatrais na Broadway.

Perfil e Papel do Investidor-Anjo

Os investidores-anjos são normalmente ex-executivos ou empreendedores de sucesso que se dedicam a apoiar ideias ou empresas de empreendedores altamente capacitados e apaixonados pelo que fazem.

A experiência adquirida pelos investidores-anjos ao longo das suas carreiras faz com que aportem três tipos de recursos numa empresa:

  • Financeiro
  • Apoio gerencial para as atividades do dia-a-dia
  • Orientação estratégica

Em resumo, investidores-anjos ajudam startups e pequenas empresas a crescerem mais e de forma mais rápida, não apenas pelo capital investido mas atuando como verdadeiros mentores destes empresários.

Tipos de investimento e estágio das empresas

Há basicamente 4 tipos de investimento, cada um relacionado ao estágio que a empresa investida se encontra:

Seed capital

Pequeno volume de recursos que possibilita ao empresário testar um conceito de produto. Pode compreender a elaboração no plano de negócio, testar um produto ou suportar os primeiros investimentos da empresa.

Startup

Destinado às empresas que precisam completar produtos ou iniciar
as atividades de marketing de forma planejada. Normalmente as empresas estão na fase de organização apesar de já estarem numa fase inicial de operação.

Early Stage

Normalmente é o aporte de recursos para as empresas começarem a desenvolver e comercializar em escala seus produtos.

Expansão

Nesta fase as empresas já estão em operação e o investimento é voltado essencialmente para o crescimento do negócio.

Vantagens do Investimento-Anjo

As primeiras fontes de financiamento de uma ideia ou de uma empresa são chamadas de 3F: Founder (fundador), Family (família) e Friends (amigos). Estes recursos costumam se restringir ao início da operação ou são limitados.

É neste momento que surge o investimento-anjo. Mais do que investir recursos financeiros, os investidores apoiam o empresário na gestão do dia-a-dia e no planejamento de médio e longo prazo. Anjos atuam como verdadeiros mentores destes empreendedores.

Investidores-anjos não exigem nenhuma garantia dos empreendedores para aportar seus recursos pois passam a ser parceiros dos empreendedores e compartilham com eles o seu conhecimento do mundo corporativo. O que os investidores buscam são negócios com alto potencial de crescimento, liderados por empreendedores talentosos e apaixonados pelo que fazem.

img

Aquelas empresas que recebem investimentos de anjos costumam crescer mais que as que não recebem investimentos, ou seja, a chance de sucesso é muito maior.

Além disto, investidores-anjos podem ajudar a ter acesso a novas fontes e formas de capital para auxiliar no crescimento de longo prazo.

Em troca, os anjos passam a ter uma participação societária (normalmente minoritária) nas empresas nas quais investem seus recursos e conhecimentos.